quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Os Bitaites da Milou

Seguindo a linha de pensamento do bitaite passado venho cimentar a minha opinião de que o Pai Natal está decididamente “arrumado”.

Acabei de ver o filme 2012 e não vi meterem dentro do barco nenhuma das renas do Pai Natal mas a irmã da Popota aparece num plano, ou seja, a Popota será quem poderá continuar com o esquema que as crianças têem para extorquir presentes aos adultos.

Outra das razões e se calhar a mais óbvia é que a Lapónia será arrasada nessa altura! Na mera hipótese das renas conseguirem suportar o clima africano pode ser tudo transferido para o Cabo da Boa Esperança que é o único sítio que parece salvar-se no meio de tanta desgraça.

Bitaite da semana
“Não coloques as tuas prendas próximo da lareira! Podem ser preservativos e estragarem-se”.

Bom Natal a todos os elementos, amigos e afins da Desertuna

sábado, 19 de dezembro de 2009

Boas Festas

A DESERTUNA – Tuna Académica da Universidade da Beira Interior deseja a todos um Feliz Natal e Bom Ano Novo, com muita Música, Alegria e Felicidades.

São os votos de todos os elementos da Desertuna.

Beijinhos e Abraços

A Direcção

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Jantar de Natal da UBI


Dia 10 de Dezembro foi dia de comemorações natalícias na UBI.

Ao anoitecer, todos os docentes, funcionários, suas famílias e grupos culturais académicos da UBI juntaram-se no bar do Pólo principal para um jantar de Natal.

Depois de alguns momentos de boa disposição, convívio e com a barriga mais pesadinha dirigiram-se todos ao Anfiteatro das Sessões Solenes, no pólo principal, para assistir a espectáculos de várias vertentes artísticas que se desenvolvem na Universidade.

Após algumas participações foi a vez da Desertuna subir a palco e mostrar o trabalho que tem vindo a fazer, dignificando assim a nossa Universidade.

Apresentamos a “Odisseia”, (“Praia Lusitana”, “A Nau e o Sonho”, “Adamastor” e “Chegada a Índia”), que é uma homenagem nossa aos descobrimentos portugueses e o “Hino à Desertuna”.

Para sair de palco e manter a tradição cantamos a “Alface Fresquinha”

Saudações Académicas

Os Bitaites da Milou


Natal Português! O natal no nosso país, desde a alguns anos, tem vindo a ganhar um cunho próprio, senão veja-se:

Muito antes da Coca-Cola inventar o Pai Natal era o menino Jesus quem nos trazia as prendas. Hoje em dia nem pai natal, nem menino Jesus, a Leopoldina e a Popota substituíram-no e parece que vieram para ficar.

Já nem o Noddy as consegue travar, (mesmo com carro para levar as prendas). Será uma questão de nacionalismo? É que até a música agora é Buraka.

O esforço do governo para se consumir o que é português começa a fazer algum efeito.

Na minha modesta opinião tudo isto começou quando o Pai Natal enviou a rena Rudolfo para os alcoólicos anónimos, (sinceramente, já foi tarde, aquele nariz vermelho nunca enganou ninguém...). Desta forma perdeu credibilidade junto dos países que não conseguiam exportar vinho para a Lapónia.

Frase da Semana

“Se algum dia alguém te disser que o teu trabalho não é o de um profissional, lembra-te: amadores construíram a Arca de Noé e profissionais, o Titanic."

P.S. Petrucci, conselho de uma velha amiga! he he

IV Encontro de tunas souto da casa


Dia 5 de Dezembro a Desertuna deslocou-se até à aldeia de Souto da Casa, no Fundão, para actuar no IV Encontro de Tunas de Souto da Casa.

Sendo este o quarto ano consecutivo que somos convidados, este encontro já é uma tradição que a Desertuna cumpre com rigor religioso.

Este ano a festa começou depois do almoço e, até à hora de jantar, percorremos diversos cafés de Souto da Casa incluindo uma casa particular tocando e cantando músicas populares, temas próprios; cantando ao desafio e a “Sopeira” orientados pelo Quelhas.

O jantar teve a felicidade de ser bem regado e os brindes não foram raros. No jantar estiveram presentes as Meninas e Senhoras da Beira – Tuna Feminina da Academia de Viseu, a TAFIPCB - Tuna Académica Feminina do Instituto Politécnico de Castelo Branco, a Desertuna e os presidentes de diversas entidades locais.

Todos animados e espirituosos, dirigimo-nos até à Casa do Povo para a esperada actuação. Escusado será dizer que a sala estava apinhada de gente do início ao fim de todo o espetáculo e as tunas que lá tocaram não se esquecerão do calor humano que lá estava.

Depois da actuação das Meninas e Senhoras da Beira e da TAFIPCB subimos ao palco para tocar o habitual reportório, "Hino à Desertuna", "Rapariga", "Toninho", "Covilhã", “Odisseia”. Pelo meio houve umas palavrinhas da parte da organização e das entidades locais e, a festa prosseguiu com "Águas do Dão", "Medley popular", "Tributo aos Xutos e Pontapés", para terminar a presença em palco, a "Alface Fresquinha".

Agradecemos o convite de Souto da Casa, o modo como fomos recebidos e todos os litros de jeropiga que nos foram oferecidos por diversas pessoas.
Um agradecimento especial ao Quelhas que teve o valoroso trabalho de organizar este encontro e nos soube receber tão bem.

Saudações Académicas

Espírito Natalício no Lar de S. José

Como vem sendo tradição, no primeiro dia de Dezembro a Desertuna reúne os seus elementos e dirige-se ao lar de S. José para espalhar o espírito natalício por aquela mui bondosa gente.

A actuação começou com o “Hino à Desertuna” seguindo-se de a “Rapariga”, e continuamos a passar alegria com as músicas “Toninho”, “Covilhã” e “Medley Popular” que foi acompanhada por muitos dos presentes.
Tocou-se ainda a nossa serenata dedicando-a a todas as “donzelas” presentes e para terminar o nosso tributo aos “Xutos & Pontapés”.

Mas a festa não terminou por aqui! Cantando e tocando outras músicas de índole popular visitamos as salas e quartos onde estavam os utentes que com menos possibilidades de movimento repousavam e foi com uma felicidade enorme que nos receberam.

Pouco antes de um delicioso lanche que nos foi servido cantámos os parabéns à D. Felizarda que comemorava o seu Centésimo aniversário.

A Desertuna agradece toda a hospitalidade com que foi recebida e o carinho de todos os utentes.

A todos um bem haja, um feliz Natal e muita saúde.

Saudações Académicas

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Os bitaites da Milou

Passando em revista os últimos meses da humanidade deparei-me com uma crise que certamente não afectará nem os meus amigos nem a mim. Falo da famosa Gripe A. A mim não me afecta porque como é de conhecimento geral eu estou vacinada, quanto aos meus colegas e afins estão a salvo porque as soluções alcoólicas protegem contra a gripe e o que não lhes falta nas mãos e no organismo é desse anti-viral milagroso.
Julgo que com está observação liberto a comunidade estudantil de algum medo porém lembro que a cirrose também tem as suas desvantagens.

Pensamento da semana:

"Para quê repetir os erros antigos quando há tantos novos por cometer? "

P.S. Não estou a falar de misturar vodka com cevada!

Saudações

"Natal no Hospital" - Festa de Natal do Centro Hospitalar da Cova da Beira


"Natal no Hospital" - Festa de Natal do Centro Hospitalar da Cova da Beira

A Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior, co-organiza, na terça-feira, dia 8 de Dezembro, mais uma edição da festa “Natal no Hospital”, a decorrer no Hospital Pêro da Covilhã.




Ficam todos convidados a assistir e a fazer parte desta iniciativa de solidariedade, dedicada a quem mais precisa.

Para assistir pela Internet, podem seguir os seguintes links:

http://www.chcbeira.min-saude.pt/ (Clicar no cartaz)

http://www.chcbeira.min-saude.pt/Downloads_HSA/CHCB/festanatal.htm

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Os Bitaites da Milou

Para quem ansiava por encontrar um rumo na sua vida fica aqui a notícia.

Este será o espaço onde, todas as semanas, a Milou nos brindará com um dos seus bitaites, ora filosóficos, ora práticos, ora qualquer coisa de muito inteligente, profundo, engraçado e curioso.

Sim, porque apesar do seu ar silencioso, muita coisa se passa naquela mente. É uma raposa, esta-lhe nos genes!

Bitaite da Semana:

"Crianças no banco dianteiro podem causar acidentes. Acidentes no banco traseiro podem causar crianças!"

Saudações

domingo, 22 de novembro de 2009

II Gala da Desertuna

As comemorações do 7º aniversario da Desertuna realizaram se ao longa de quase uma semana tendo inicio no dia 16 com a chegada dos primeiros Xás e acabando no dia 20 de Novembro com um jantar de Gala.

Este ano, realizado no Hotel Tryp D. Maria, a II Gala da Desertuna reuniu várias gerações de elementos que ao longo de 7 anos têm passado e contribuido para o crescimento desta jovem Tuna.

Num momento mais saudosista reuniram-se os mais "velhos" para mostrarem que ainda sabem tocar umas modinhas e iniciou-se uma simbólica actuação dedicada, claro está, às "Xakiras". Pouco depois juntaram-se todos os elementos para tocar "Odisseia" e as gargalhadas duplicaram.

Durante a festa foram mostradas algumas das fotos que marcaram estes sete anos de família, nesta sequência, enquanto decorria o jantar foram deixadas algumas palavras de contentamento, histórias de outros dias e lágrimas de emoção.

No fim do requintado e bem regado jantar foi altura de cantar os parabéns e partir o bolo. Foram, ainda entregues lembranças aos Xás e a festa prosseguiu, depois, o Buffalu`s Bar e na discoteca Kõ.pa.´ni.e . Um grande e sentido Abraço a todos os Xás presentes, e também aqueles que por algum motivo não puderam estar presentes, e agradecer a todos os que contribuíram para que este dia fosse memorável.

Que venha a III Gala da Desertuna – Dia dos Xás.

Saudações Tunantes

Desertuna por Cortes do Meio

Dia 13 de Novembro, a Desertuna dirigiu-se à freguesia de Cortes do Meio para a animação de um lanche no Centro de Apoio a Idosos e Crianças da freguesia.

No local e quando os instrumentos já se mostravam em bom tom a actuação começou com o "Hino à Desertuna" e a habitual música "Rapariga". A festa continuou com as tradicionais músicas "Toninho" e "Covilhã"; para finalizar cantou-se a "Alface Fresquinha".

No fim foi servido um lanche oferecido pelo Centro de Apoio.

A Desertuna agradece o convite, o lanche e os muitos sorrisos com que foi recebida.

Saudações Académicas

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Gala da AMI

Na passada quinta-feira, dia cinco de Novembro de 2009 a Desertuna trocou o ensaio por uma actuação no teatro-cine da covilhã no ambito da Gala AMI.

Para além da mui nobre Desertuna, esta gala contou com a presença do fundador e presidente da AMI Dr. Fernando Nobre, que apresentou os livros “Imagens Contra a Indiferença” e “Histórias que contei aos meus filhos”; e com as actuaçoes musicais do coro da academia e do belo Zêzere, da Tuna-mus (afilhados da Desertuna) e do grupo de ginástica acrobática.

A Desertuna interpretou o “Hino à Desertuna”, “Rapariga”, “Toninho”, “Covilhã”, saindo para o meio da plateia com a “Alface Fresquinha”.

Uma noite bem passada com a iniciativa, emoções e sorrisos a aparecerem nas caras presentes.

Saudações Académicas

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

VII Aniversário da Desertuna


"Corriam 20 dias do mês de Novembro do ano do Senhor de 2002, quando um grupo de 7 amigos decidiu acabar de vez com o marasmo e a monotonia das noites da Cidade Neve, a Covilhã..."

...e já lá vão 7 anos!!

A Desertuna, vem por este meio convidar-vos a todos a estar presentes no Buffalu's, sexta-feira dia 20, para a comemoração do Aniversário!!

Parabéns Desertuna!!


sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Quarta-feira arrepiante!

Este foi mais um ano em que a Desertuna sentiu tristeza por abandonar o palco e deixar pra trás um mar de gente gritando por mais.

Tudo começou com um jantar na cantina de Santo António onde os elementos desta jovem tuna se reuniram para dar o inicio "oficial" à noite de tunas da recepção ao caloiro .


Alguns contratempos e colheradas depois estava tudo orientado e a Desertuna saiu para o pavilhão da ANIL para poder fazer o teste de som. Feitas todas as afinações necessárias, incluindo as outras tunas participantes, abriram-se as portas do recinto.

A C'a Tuna aos Saltos iniciou a sua primeira participação na recepção ao caloiro com o rufar de bombos, depois foi a vez dos nossos afilhados Tuna-Mus.

Quando a Desertuna subiu ao palco a plateia era enorme e ocupava grande parte do espaço.
Vencido o nervosismo miudinho próprio destas andanças e o espectáculo começou com o "Hino à Desertuna" e a "Rapariga", seguiram-se os instrumentais "Praia Lusitana" e "Chegada à Índia" (parte da peça musical "Odisseia").


Após estas duas músicas mais espirituosas vieram músicas como o "Toninho" e "Covilhã" que fizeram arrepiar as almas presentes quando o públicou começou, também, a cantar as letras das canções.

Na vida existem momentos inesquecíveis e esse é, sem sombra de dúvidas, um deles.

Por fim, a pedido da audiência e como não podia deixar de ser foi tocada a "Caloirinha dos meus sonhos". O espírito académico foi uma constante até ao fim da actuação e as vozes do público foram a prova disso.

As actuações tunantes prosseguiram com as Moçoilas e a Orquestra Académica Já b´UBI & Tokuskopus.

A Desertuna deixa aqui um muito obrigado ao público fenomenal que cantou connosco e os parabéns aos caloiros que vieram para a Cidade Neve estudar.

(Fotos gentilmente cedidas por Photo Digital)
Saudações Académicas

Calendário

Aqui ficam as datas das próximas actuações da Desertuna


Animação de Lanche
Local: Centro Apoio a Idosos e Crianças de Cortes do Meio
13-11-2009 :: 15h


Magusto São Martinho
Local: Largo da Igreja de São Martinho
15-11-2009 :: 15h

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Recepção ao Caloiro

Mais uma vez a Desertuna foi convidada a estar presente no palco da Recepção ao Caloiro, desta feita, no Pavilhão da Anil.

É pois no dia 28, Quarta-Feira, que vamos presentear com uma grande actuação todos os Alunos, Caloiros e toda a população que deseje estar presente!

Bem vindos Caloiros!!






Desertuna visita Castelo Branco

No passado sábado, dia 24 de Outubro, a Desertuna decidiu com muito agrado passar a tarde na bela e solarenga cidade de Castelo Branco, tocando e cantando pelas ruas, animando o povo albicastrense.

Pelas ruas espalhava-se alegria e nas “docas”, onde a paragem foi demorada pra refrescar gargantas, cantamos serenatas às belas donzelas que por ali passavam.

No meio de tanta música e inspiração nasceu: “Quem és tu Milou”, um tema dedicado aquela que à tantos anos nos acompanha nas nossas aventuras, sem nunca se queixar e sempre com um sorriso nos lábios…

Com o Pôr do Sol a chegar recebemos o convite para uma “pequena visita” à casa de um grande amigo nosso que agora anda por Castelo Branco, o Xá Filipe “Smile” Alves (aka Mega) que teve a bondade de nos oferecer o jantar.

Assim sendo, a animação prolongou-se pela noite dentro com as nossas músicas em jeito de teste acústico à casa.

Já de madrugada voltamos para a Covilhã mas como o pessoal estava mesmo espirituoso, fomos até ao Buffalus animar quem lá estava com mais umas modinhas.

Para acabar em grande reencontramos o António “Bombas” Martins que nos veio visitar.

Para a Desertuna foi, sem dúvida, um grande dia de músicalmente tunante de amizade e união.

Saudações ao povo Albicastrense e um especial obrigado ao "Smile" e à "Rákles" pelo modo como nos receberam.
Saudações tunantes

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Copituna no VII FITU TERRAS DE CANTE



A edição 2009 do FITU Terras de Cante realizar-se-á entre os dia 23 e 25 de Outubro, em Beja, e contará com a presença das seguintes Tunas:


Estudantina Universitária de Lisboa

Copituna - Tuna Académica da Guarda

Imperial Neptuna da Figueira da Foz

Tuna do Distrito Universitário do Porto

Tuna de Biologia de Sevillha - (ESP)


Extra concurso: Tuna Feminina Universitária de Beja


Organiza: Tuna Universitária de Beja


Toda a informação no site oficial do certame em http://www.terrasdecante.com/


Boa Sorte Padrinhos!!

Copituna na Localvisão.tv

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Balanço do 6ª ENT


Mais um fim de semana onde o espírito académico esteve presente e onde não faltou a animação da Desertuna.

A sexta edição do ENT trouxe à discussão vários temas que teem marcado o mundo tunate portugês nos últimos tempos entre os quais o surgimento de "quarentunas" e as verdadeiras origens tunantes portuguesas.

As diversas oficinas e ateliês musicais vieram enriquecer a já grande cultura tunante e as tertúlias que se verificaram serviram bem o propósito do evento.

A participação da Desertuna nesta última edição do ENT veio demonstrar que o reconhecimento do nosso trabalho existe e que esse trabalho serve de linha orientadora para muitas outras tunas que como nós trabalham com amor, dedicação e verdadeiro espírito académico.

À Estudantina Académica de Castelo Branco um muito obrigado pelo convite e pelo modo como fomos recebidos e a todas as tunas em geral um bom ano tunante.

Saudações tunantes

domingo, 11 de outubro de 2009

Actualizações do 6º ENT

Cartaz Oficial "Programa oficial e final do 6º Encontro Nacional de Tunos

Sexta-feira:

18h00 – Recepção - registo e entrega de documentação aos primeiros Tunos participantes
19h30 – Jantar de Recepção - ESECB
21h30 – Serão Musical - Centro Artístico Albicastrense

- “Cordas ao Cubo” - Viseu

00h00 – Festa Académica em bares e discotecas de Castelo Branco

Sábado:

10h30 – Sessão de Abertura
11h00 – Oficina de Direcção Artística

- Carlos Clara Gomes – Ensaiador da Tunadão 1998 – Tuna do Instituto Superior Politécnico de Viseu

13h00 – Almoço;
14h30 – Oficina de Direcção Musical

- José Santos – Ex-Ensaiador da Tuna Templária de Tomar

16h00 – Pausa;
16h30 – Mesa Redonda - “Quarentunas e Tunas de Veteranos – Quando chega a hora da “reforma””

- Jean Pierre Silva “Pena” – Real Tunel Académico – Tuna Universitária de Viseu
- Pedro Morgadinho Nunes “Regis” – Tuna Mística de Portugal
- Adélio Silva “Patrão” - Tuna Veterana da Universidade Portucalense

18h00 – Palestra - “A História da Tuna em Portugal – a verdade e o mito”

- Grupo “COSAGAPE”

20h00 – Jantar
21h30 – Tertúlia Académica - Centro Artístico Albicastrense;
00h00 – Festa Académica em bares e discotecas de Castelo Branco

Domingo:

10h30 – Comunicações livres
11h30 – Ateliê de Voz

- Carlos Miranda “Corvo” – Tuna Universitária de Aveiro

13h00 – Almoço
14h30 – Ateliês e Oficinas de instrumentos

Bandolim / Bandurria
– Iola Lourinho – Orquestra Típica Albicastrense
- Nuno Salgado “Thyrs” – Tuna Académica da Universidade Lusíada de Famalicão

Guitarra
– Horácio Pio - Orquestra Típica Albicastrense

Cavaquinho
– Bruno Pereira “Grunho” – Azeituna – Tuna de Ciencias da Universidade do Minho

Acordeão
– Carisa Marcelino - Orquestra Típica Albicastrense

Pandeiretas
– Pedro Nascimento “Pum” - Desertuna – Tuna Académica da Universidade da Beira Interior

Estandartes
– Luis Godinho “Stony” – T.U.S.A. - Tuna Universitas Scientiarum Agrariarum - Açores
- Nuno Barbosa “Brosh” – Hinoportuna - Tuna Académica do Instituto Politécnico de Viana do Castelo

Contrabaixo / Violino
– Nuno Flores - Corvos
- James Dean – Conservatório Nacional

Percussão
– Luis Pinto “Bazuca” – Estudantina Universitária de Lisboa

Gaita-de-Foles / Flautas
– Alberto Fernandes “Topogigio” – Real Tuna Universitária de Bragança
- Paulo Silva “Flautas” - Tuna Universitária de Aveiro

17h00 – Sessão Plenária de encerramento do 6º ENT (com votação para a escolha da Organização do 7º ENT)."

in Blog oficial do 6º ENT

Inicio oficial de mais um ano tunante

O dia 30 de Setembro ficará na história da Desertuna por muitos e bons motivos.

O jantar que se realizou nessa noite não só marcou o arranque oficial das actividades da Tuna mas também a mudança de Magister e da direcção que o assistia.

Após o saboroso jantar e através de um pequeno rito foi empossada a nova direcção pela seguinte ordem:

Alá (Magister)- Nuno "Xôxô" Bajouco
Profeta - André "Bi" Conceição
Pastor - Márcio “Kilo e seiscentas” Fernandes
Secretário - Luís "505" Dias
Tesoureiro - José "Securas" Lourenço
Ensaiador - Luís “Ovelhinha” Tavares
Vogal - Manuel "Alcagoita" Santos

Depois de delegadas as tarefas aos novos membros da direcção, a Desertuna deslocou-se até o Buffalu’s Bar para animar os boémios estudantes que por lá passavam nessa noite.

Escusado será dizer que as comemorações da nova direcção alongaram-se noite dentro e sempre com muito espírito académico presente como é prática habitual.

Parabéns à nova direcção e esperamos um trabalho tão bom ou melhor que o trabalho da anterior direcção.

Saudações tunantes

sábado, 10 de outubro de 2009

6ª Encontro Nacional de Tunos


Depois de Évora, Guarda, Coimbra, Viseu e Lisboa, chega a vez de Castelo Branco receber este evento que é uma referência na comunidade Tunante. A 6ª edição deste evento é organizada pela Estudantina Académica de Castelo Branco e decorrerá nos dias 16, 17 e 18 deste mês, (próximo fim de semana).

Este ano a Desertuna participará no evento não só como parte da audiência mas também como conferencista através do Pedro "Pum" Nascimento e colegas de naipe que falarão sobre a arte de animar o público através das pandeiretas.

Eis o programa do 6º ENT:

Sexta-feira:
18h00 – Recepção – registo e entrega de documentação aos primeiros Tunos participantes
19h30 – Jantar de Recepção - ESECB
21h30 – Serão Musical no Centro Artístico Albicastrense
00h00 – Festa Académica em bares e discotecas de Castelo Branco

Sábado:
10h30 – Sessão de Abertura
11h00 – Mesa Redonda – “Quarentunas e Tunas de Veteranos – Quando chega a hora da “reforma””
13h00 – Almoço;
14h30 – Oficina de Direcção Musical
16h00 – Pausa;
16h30 – Oficina de Direcção Artística
18h00 – Palestra – “A História da Tuna em Portugal – a verdade e o mito”
20h00 – Jantar
21h30 – Tertúlia Académica (informal, em jeito de balanço) no Centro Artístico Albicastrense;
00h00 – Festa Académica em bares e discotecas de Castelo Branco

Domingo:
10h30 – Oficina de Manutenção e reparação de Instrumentos Tradicionais Portugueses
11h30 – Comunicações livres
13h00 – Almoço
14h30 – Ateliês e Oficinas de instrumentos
17h00 – Sessão Plenária de encerramento do ENT (com votação para a escolha da Organização do VII ENT)

Todas as actividades do ENT irão decorrer no IPJ de Castelo Branco, nos seus 2 auditórios e nas salas polivalentes.

Para mais informações aqui fica o link da página oficial: http://6ent-cb.blogspot.com/

Saudações tunantes

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

O "Harry Potter" casou!!

O Ricardo "Harry Potter" Veríssimo cresceu, tornou-se um Desertuno, acabou o curso e decidiu que a vida de solteiro não era pra ele.

Assim sendo, no passado dia 19 de Setembro, a Desertuna teve um especial prazer por animar a festa do seu casamento.

Mas a presença desta segunda família não se ficou pela actuação. O transporte da noiva até ao copo de água ficou a cargo de um Benteley clássico que a tuna alugou especialmente para o efeito.

Depois de chegada do casal a festa prosseguiu na mesa "de" Fernando Pessoa com muitos brindes e conversa alegre.

A "Rapariga", o "Hino à Desertuna" e a "Caloirinha dos meus sonhos" fizeram sensação mas a emoção esteve na serenata cantada pelo noivo à encantada Sônia pouco antes de partirem o bolo.

A Desertuna deseja as mais sinceras felicidades aos recém casados.

sábado, 19 de setembro de 2009

Regresso à UBI

Foi por sentir a falta da nossa querida Milu que esta semana os elementos da mui nobre tuna rumaram à Cidade Neve.

Depois de algumas semanas de ausência a Desertuna voltou para dar inicio a mais um ano tunante com uma pequena exposição onde se puderam ver os instrumentos e as actividades desenvolvidas ao longo do ano passado.

A angariação de novos elementos e dar as boas vindas aos caloiros foram as razões para a concretização da pequena mostra que se revelou um sucesso.

Assim esperamos que os novos caloiros sejam felizes como a Desertuna tem sido em cima de palco.

Saudações Académicas

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Animação do jantar do Festival de Coros

A actuação do dia sete foi o culminar de um fim de semana exaustivo mas feliz.
Desta feita os acordes visaram a animação de um jantar que reuiniu os participantes de um festival de coros no Park Urbis.

Cansados mas com um público fenomenal a Desertuna encheu a sala com algumas das suas músicas mais conhecidas nomeadamente o "Hino à Desertuna" e "Covilhã".

Por sorte ou aquilo a que chamam destino o público, que tão bem sabia cantar, juntou-se a nós e assim se fez uma brilhante interpretação da "Caloirinha dos meus Sonhos".
Saudações musicais

terça-feira, 23 de junho de 2009

Em Almeida

Dia seis a Desertuna esteve em Almeida para mais um encontro de tunas.

A chuva prometia estragar a noite mas o Auditório revelou-se um bom local de acolhimento tanto para nós como para a outra tuna presente - os nosso afilhados - Tuna-MUs.

As duas tunas da UBI viajaram juntas o que se traduziu em imenso espírito académico numa só viagem mas o melhor viria depois.

Depois da recepção por parte da oraganização fomos orientados até ao Auditório de Almeida onde fizemos o teste de som.

O jantar no Restaurante Granitos revelou-se alegre e as actuações não foram excepção.

A música enchia a sala e o público cantava conosco, cantavam os afilhados e alguns alunos da UBI que por lá apareceram envergando orgulhosamente o seu traje de estudante Ubiano.

O calor apertava mas a tuna não parava e assim foi a noite desse dia, musicalmente académica.

Saudações Académicas

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Abertura e fecho do Almoço dos Antigos Combatentes

No dia seis de Junho a Desertuna esteve presente no Pelourinho para dar início ao um almoço que reuniu os antigos combatentes.

Depois das apresentações e com alguma chuva à mistura o nosso Hino - o "Hino à Desertuna" - a célebre música "Rapariga" e a "Caloirinha dos meus sonhos" alegrou os presentes.

Mais tarde houve uma "segunda volta" da nossa actuação, desta feita, no Hotel Serra da Estrela que fica situado numa das encostas mais elevadas da Serra da Estrela.

Cheia de boa disposição e com muita música a nossa actuação deu por terminado o almoço dos antigos combatentes.

Saudações Académicas

Final de Karaoke do Buffalus Bar

No passado dia 5 de Junho, a Desertuna esteve presente na Final de Karaoke do Buffalu’s Bar, um evento repleto de alegria e animação que se realizou no G.I.R. do Rodrigo.

A festa contou igualmente com a participação do Núcleo Cultural Encantatuna da Universidade da Beira Interior que brindou o público com uma actuação alegre.

De seguida entraram em palco os finalistas do concurso de Karaoke iniciando-se, assim, momentos de nervoso miúdinho e grandes interpretações.

No intervalo, teve lugar uma sessão de ilusionismo, com impressionantes números de magia, tendo algumas pessoas do público participado em alguns números a pedido do ilusionista.

No fim das participações a Desertuna entrou em palco para animar o público enquanto que o júri deliberava sobre as participações. A sala esteve ao rubro com as interpretações de músicas como o "Hino da Desertuna", "Rapariga", "Toninho", "Tributo aos Xutos & Pontapés", "Medley Popular", "Covilhã", e "Caloirinha dos meus sonhos".

No final da actuação os prémios foram atribuídos.

A Desertuna agradece ao afilhado o convite e felicita os vencedores do concurso.

Saudações académicas.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Até os Santos dançam

Mega churrascada

Mais uma grande noite académica passada na Covilhã.
Dia 28 de Maio, a Desertuna organizou uma festa junto ao Bufallu’s bar, contando com a participação dos nossos padrinhos Copituna d’Oppidana, Ftuna – Tuna Feminina do Instituto Politécnico da Guarda e Núcleo Cultural Encantatuna da Universidade da Beira Interior.

A festa tinha como intuito alegrar as já quentes noites da Covilhã e proporcionar distracção aos de mais estudantes que se encontram cheios de frequências e trabalhos nesta recta final do semestre.

O espírito académico preencheu as conversas das cerca de mil pessoas presentes no recinto, tendo as duas tunas da Guarda, assim como o núcleo cultural Encantatuna brindado todos os presentes com actuações alegres e contagiantes.

A barraquinha da Desertuna foi o toque de génio num dia tão quente. Todos puderam matar a sede com o sumo mais apreciado pelo estudantes…sumo de cevada!!

A Desertuna agradece à Copituna d’Oppidana, à Ftuna – Tuna Feminina do Instituto Politécnico da Guarda e núcleo Cultural Encantatuna da Universidade da Beira Interior pela presença e participação. Obrigado também a todos os que fizeram possível esta noite memorável.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

XVI FITISEP

Dias 22, 23 e 24 de Maio, a Desertuna esteve no Porto, onde participou na 16ª edição do Festival Internacional de Tuna do ISEP, XVI FITISEP.

Na sexta-feira, ao chegar, logo nos acomodámos no bar do ISEP com as outras tunas onde o convívio e a musicalidade se juntaram.

Após este momento fomos jantar e depois nos hospedamos na Residência Lunar. De seguida e entre brincadeiras apanhamos o autocarro para a zona ribeirinha de Gaia.

Foi então que chegamos à Praça Sandman, na zona ribeirinha de Gaia onde decorreram as Serenatas ao Douro. Aí juntaram-se à nós alguns Xás fazendo aumentar a nossa conta de elementos em palco e a boa disposição. Nessa noite o público aplaudiu a “Caloirinha” e “Sinfonia de um Beijo”.

A festa continuou até de manhã na sala multiusos da AEISEP, acompanhada com as bifanas para nos dar força, cerveja e uns passinhos de dança para alegrar a malta.


No dia 23 começamos bem o dia no ISEP almoçando porco no espeto. Após isto passamos a tarde entre as caves do vinho do Porto da Sandman, da Cálem e um passeio de barco Rabelo no Rio Douro.

Depois do jantar, já com todos os Xás que puderam acompanhar-nos nesses dias, a Desertuna subiu ao palco do Coliseu do Porto onde animou o público com dois dos seus clássicos “Toninho” e “Covilhã”.

Para alguns elementos que acabam o curso este foi um dos últimos momentos em palco como Xeques mas mesmo assim a emoção deu lugar ao ânimo e a Tuna terminou a actuação com a “Odisseia” cheia de ritmo e uma plateia que de pé nos aplaudiu e saudou.

No fim da noite o júri decidiu:

MELHOR SERENATA - Tuna Académica da Universidade Portucalense - Infante D. Henrique

MELHOR PANDEIRETA - Tunadão 1998

MELHOR PORTA BANDEIRA - Desertuna

MELHOR PORTA ESTANDARTE - Tuna Académica da Universidade Portucalense

MELHOR INTERPRETAÇÃO MUSICAL - Desertuna

MELHOR SOLISTA - Tuna da Universidade Católica Portuguesa - Porto

TUNA + TUNA - Tuna Académica da Universidade Lusíada de Famalicão

3ª MELHOR TUNA - Tuna da Universidade Católica Portuguesa – Porto

2ª MELHOR TUNA - Desertuna

MELHOR TUNA - Tunadão 1998

A noite continuou com a Mega Festa TAISEP numa das discotecas do Porto com muito espírito académico entre tunas e “alguns” finos à mistura.


A Desertuna agradece aos irmãos da TAISEP o convite e o modo como foi recebida, às guias que tão bem trataram de nós, à guia da Sandman que não deixou cair em tentação e à fabulosa claque que nos foi apoiar ao Coliseu.

Saudações Tunantes

segunda-feira, 18 de maio de 2009

XVI FITISEP - Coliseu do Porto

A Desertuna anuncia que nos dias 22 e 23 estará presente no XVI Festival Internacional de Tunas do Instituto Superior de Engenharia do Politécnico do Porto, “FITISEP”.

É de destacar que este é um dos eventos académicos mais antigos e tradicionais da cidade Invicta, deste modo, será com muita alegria e espírito que participaremos na festa.

Eis o programa:

Na noite de sexta-feira, dia 22, a “Serenata ao Douro”, na zona ribeirinha da cidade de Gaia (Praça Sandeman), juntará em palco todas as tunas em concurso.

No dia 23, dar-se-á o início do Festival pelas 21:30h. Neste acturão, também, a TAISEP, (tuna organizadora), e a Tuna Feminina do Instituto Superior de Engenharia do Porto.

Tunas a concurso:
Tuna Académica da Universidade Portucalense Infante D. Henrique
Desertuna - (T.A.U.B.I) Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
Tuna Académica da Universidade Lusíada de Famalicão
TUNADÃO 1998 -Tuna do Instituto Superior Politécnico de Viseu
Tuna da Universidade Católica Portuguesa - Porto

Esperamos a presença dos UBIanos pra nos apoiarem!...

Saudações Académicas

domingo, 17 de maio de 2009

VIII Festa Ibérica

Dia 8 e 9 de Maio, a Desertuna esteve em Vila Real, onde participou no Festival Internacional de Tunas Universitárias de Trás-os-Montes e Alto Douro, VIII Festa Ibérica.

Na tarde de sexta-feira, dia 8, saímos da Covilhã começando a nossa epopeia pelo norte do país. Na chegada a "Bila Real" já nos esperava uma “prova” de cerveja. (São estas recepções que nos fazem voltar).

Após este momento de convívio hospedamo-nos na Pousada da Juventude e jantamos. Seguidamente fomos até ao Teatro de Vila Real onde passamos o início da noite a tocar alguns acordes populares pra animar a malta que lá estava. A noite continuou depois na discoteca Minister.


No dia seguinte, ao almoço, num dos parques da cidade, juntaram-se todas as tunas que de algum modo participaram no evento, o convívio prolongo-se musicalmente pela tarde até a hora do nosso Passa-Calles realizado no Centro Comercial Dolce Vita.

À noite Desertuna pisou o palco e animou o público com dois dos seus clássicos “Toninho” e “Covilhã”, a participação oficial acabou com a “Odisseia”.

No fim da noite o júri decidiu:
Tuno + Tunanteador – Carlos "jukebox" Velosa (Desertuna – Tuna Académica da UBI)

Melhor Passa-Calhas - Tuna Tecnologia da Saúde do Porto

Melhor Pandeireta – Desertuna – Tuna Académica da UBI

Melhor Porta-Estandarte – Desertuna – Tuna Académica da UBI

Melhor Instrumental – Desertuna – Tuna Académica da UBI

Melhor Solista – Infantuna Cidade de Viseu

3ª Melhor Tuna - Tuna Universitária do Minho

2ª Melhor Tuna – Desertuna – Tuna Académica da UBI

Melhor Tuna – Infantuna Cidade de Viseu
Melhor tema original -Desertuna -Tuna A cadémica da UBI
Tuna Mais Tuna – Tuna Universitária da Madeira

A festa continuou pela noite dentro na discoteca Minister com todas as tunas.

Último dia, um pouco cansadinhos, almoçamos numa das quintas locais com todas as tunas presentes e o adeus às nossas fabulosas guias foi feito com o "Carinhoso".

A Desertuna agradece à Transmontuna o convite e o modo como foi recebida e também às guias que tão bem trataram de nós.

Saudações Académicas

segunda-feira, 11 de maio de 2009

A Primeira Desertuninha!...


Chama-se Alice, é filha do primeiro Porta-estandarte da Desertuna - Estefânio "Shakira" Silva e da Patrícia. Sorriu para o mundo no feliz dia 5 de Maio dando, assim, a todos os elementos da tuna uma grande alegria.

Muitos parabéns aos novos pais.

P.S. Estefânio, sabemos que os estandartes eram mais fáceis de cuidar mas temos a certeza que serás um bom pai assim como foste um bom Tuno enquanto elemento activo. Um abraço de todos...

Benção das Pastas

A todos os finalistas da UBI a Desertuna-Tuna Académica da UBI, deseja as maiores felicidades e guardem na vossa memória a Covilhã e o vosso tempo de estudante.

Saudações Académicas

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Para aqueles que partem..."Recordações"

Olho p’ro céu e recordo
O meu tempo de estudante,
Foram anos de loucura
Que vou recordar com ternura.
E ao festejar esta semana
Sinto a tristeza na alma,Levo saudade,
Desta cidade
Que me acolheu com bondade.

Refrão:

E quando um dia me lembrar
Da minha universidade,
Dos anos de estudante
Que guardo com saudade.
Foram momentos de prazer
Que jamais poderei esquecer,
Levo comigo esta canção
Que a Desertuna me deixou no coração.

E as lágrimas que hoje choro,
Tanto me fazem sofrer,
O tempo passou tão depressa
Nesta vida de prazer,
E agora tudo acabou
E só me resta recordar...

(Refrão)

Letra e música por: Luís "Coimbra" Fonseca

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Festa Ibérica aqui vamos nós!

Dias 8 e 9 a Desertuna estará a visitar Vila Real para participar no Festival Internacional de Tunas Universitárias de Trás-os-Montes e Alto Douro, ou seja, no VIII Festa Ibérica.

Para quem estiver interessado, (esperemos que muita gente), o espetáculo começará 21:30h com as seguintes tunas:
-Tuna do Distrito Universitário do Porto
- Tuna Universitária do Minho
- Infantuna Cidade de Viseu
- Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- Tuna Universitária da Madeira
- Tuna de Magistério de Cáceres (Espanha)
- Tuna TS - Tuna de Tecnologias da Saúde do Porto

Agradecemos, desde já, à Transmontuna pelo convite e esperamos que este seja mais uns dos deliciosos fins-de-semana em Tuna.

Saudações Académicas.