segunda-feira, 30 de março de 2009

A Nau e o Sonho

A Nau e o Sonho


As naus desfraldaram as velas
De um povo nobre e devaneador
Que em terra deixaram as donzelas
Em prol do rei conquistador

O vento frio e manso que tarda
Assiste a virgem proa a cruzar
O azul que ornamenta a vanguarda
As naus desvanecem no mar…

Quem nos somos?
Nos somos heróis do mar
Quem nos somos?
Que a terra irão conquistar
Quem nos somos?


Nas naus a ansiedade e a tristeza
E o medo de nunca mais voltar
Dão espaço a esperança e certeza
De um acto digno de heroificar

Emergem ninfas mui belas
Cantando vão embalar
Quem mira o céu e as estrelas
Que brilham p’ra nos guiar


Quem nos somos?
Nos somos heróis do mar
Quem nos somos?
Que a terra irão conquistar
Quem nos somos?


Letra e Música:


Rodrigo "Saxoman" Raposo

Sem comentários:

Enviar um comentário