quinta-feira, 25 de junho de 2009

Animação do jantar do Festival de Coros

A actuação do dia sete foi o culminar de um fim de semana exaustivo mas feliz.
Desta feita os acordes visaram a animação de um jantar que reuiniu os participantes de um festival de coros no Park Urbis.

Cansados mas com um público fenomenal a Desertuna encheu a sala com algumas das suas músicas mais conhecidas nomeadamente o "Hino à Desertuna" e "Covilhã".

Por sorte ou aquilo a que chamam destino o público, que tão bem sabia cantar, juntou-se a nós e assim se fez uma brilhante interpretação da "Caloirinha dos meus Sonhos".
Saudações musicais

terça-feira, 23 de junho de 2009

Em Almeida

Dia seis a Desertuna esteve em Almeida para mais um encontro de tunas.

A chuva prometia estragar a noite mas o Auditório revelou-se um bom local de acolhimento tanto para nós como para a outra tuna presente - os nosso afilhados - Tuna-MUs.

As duas tunas da UBI viajaram juntas o que se traduziu em imenso espírito académico numa só viagem mas o melhor viria depois.

Depois da recepção por parte da oraganização fomos orientados até ao Auditório de Almeida onde fizemos o teste de som.

O jantar no Restaurante Granitos revelou-se alegre e as actuações não foram excepção.

A música enchia a sala e o público cantava conosco, cantavam os afilhados e alguns alunos da UBI que por lá apareceram envergando orgulhosamente o seu traje de estudante Ubiano.

O calor apertava mas a tuna não parava e assim foi a noite desse dia, musicalmente académica.

Saudações Académicas

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Abertura e fecho do Almoço dos Antigos Combatentes

No dia seis de Junho a Desertuna esteve presente no Pelourinho para dar início ao um almoço que reuniu os antigos combatentes.

Depois das apresentações e com alguma chuva à mistura o nosso Hino - o "Hino à Desertuna" - a célebre música "Rapariga" e a "Caloirinha dos meus sonhos" alegrou os presentes.

Mais tarde houve uma "segunda volta" da nossa actuação, desta feita, no Hotel Serra da Estrela que fica situado numa das encostas mais elevadas da Serra da Estrela.

Cheia de boa disposição e com muita música a nossa actuação deu por terminado o almoço dos antigos combatentes.

Saudações Académicas

Final de Karaoke do Buffalus Bar

No passado dia 5 de Junho, a Desertuna esteve presente na Final de Karaoke do Buffalu’s Bar, um evento repleto de alegria e animação que se realizou no G.I.R. do Rodrigo.

A festa contou igualmente com a participação do Núcleo Cultural Encantatuna da Universidade da Beira Interior que brindou o público com uma actuação alegre.

De seguida entraram em palco os finalistas do concurso de Karaoke iniciando-se, assim, momentos de nervoso miúdinho e grandes interpretações.

No intervalo, teve lugar uma sessão de ilusionismo, com impressionantes números de magia, tendo algumas pessoas do público participado em alguns números a pedido do ilusionista.

No fim das participações a Desertuna entrou em palco para animar o público enquanto que o júri deliberava sobre as participações. A sala esteve ao rubro com as interpretações de músicas como o "Hino da Desertuna", "Rapariga", "Toninho", "Tributo aos Xutos & Pontapés", "Medley Popular", "Covilhã", e "Caloirinha dos meus sonhos".

No final da actuação os prémios foram atribuídos.

A Desertuna agradece ao afilhado o convite e felicita os vencedores do concurso.

Saudações académicas.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Até os Santos dançam

Mega churrascada

Mais uma grande noite académica passada na Covilhã.
Dia 28 de Maio, a Desertuna organizou uma festa junto ao Bufallu’s bar, contando com a participação dos nossos padrinhos Copituna d’Oppidana, Ftuna – Tuna Feminina do Instituto Politécnico da Guarda e Núcleo Cultural Encantatuna da Universidade da Beira Interior.

A festa tinha como intuito alegrar as já quentes noites da Covilhã e proporcionar distracção aos de mais estudantes que se encontram cheios de frequências e trabalhos nesta recta final do semestre.

O espírito académico preencheu as conversas das cerca de mil pessoas presentes no recinto, tendo as duas tunas da Guarda, assim como o núcleo cultural Encantatuna brindado todos os presentes com actuações alegres e contagiantes.

A barraquinha da Desertuna foi o toque de génio num dia tão quente. Todos puderam matar a sede com o sumo mais apreciado pelo estudantes…sumo de cevada!!

A Desertuna agradece à Copituna d’Oppidana, à Ftuna – Tuna Feminina do Instituto Politécnico da Guarda e núcleo Cultural Encantatuna da Universidade da Beira Interior pela presença e participação. Obrigado também a todos os que fizeram possível esta noite memorável.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

XVI FITISEP

Dias 22, 23 e 24 de Maio, a Desertuna esteve no Porto, onde participou na 16ª edição do Festival Internacional de Tuna do ISEP, XVI FITISEP.

Na sexta-feira, ao chegar, logo nos acomodámos no bar do ISEP com as outras tunas onde o convívio e a musicalidade se juntaram.

Após este momento fomos jantar e depois nos hospedamos na Residência Lunar. De seguida e entre brincadeiras apanhamos o autocarro para a zona ribeirinha de Gaia.

Foi então que chegamos à Praça Sandman, na zona ribeirinha de Gaia onde decorreram as Serenatas ao Douro. Aí juntaram-se à nós alguns Xás fazendo aumentar a nossa conta de elementos em palco e a boa disposição. Nessa noite o público aplaudiu a “Caloirinha” e “Sinfonia de um Beijo”.

A festa continuou até de manhã na sala multiusos da AEISEP, acompanhada com as bifanas para nos dar força, cerveja e uns passinhos de dança para alegrar a malta.


No dia 23 começamos bem o dia no ISEP almoçando porco no espeto. Após isto passamos a tarde entre as caves do vinho do Porto da Sandman, da Cálem e um passeio de barco Rabelo no Rio Douro.

Depois do jantar, já com todos os Xás que puderam acompanhar-nos nesses dias, a Desertuna subiu ao palco do Coliseu do Porto onde animou o público com dois dos seus clássicos “Toninho” e “Covilhã”.

Para alguns elementos que acabam o curso este foi um dos últimos momentos em palco como Xeques mas mesmo assim a emoção deu lugar ao ânimo e a Tuna terminou a actuação com a “Odisseia” cheia de ritmo e uma plateia que de pé nos aplaudiu e saudou.

No fim da noite o júri decidiu:

MELHOR SERENATA - Tuna Académica da Universidade Portucalense - Infante D. Henrique

MELHOR PANDEIRETA - Tunadão 1998

MELHOR PORTA BANDEIRA - Desertuna

MELHOR PORTA ESTANDARTE - Tuna Académica da Universidade Portucalense

MELHOR INTERPRETAÇÃO MUSICAL - Desertuna

MELHOR SOLISTA - Tuna da Universidade Católica Portuguesa - Porto

TUNA + TUNA - Tuna Académica da Universidade Lusíada de Famalicão

3ª MELHOR TUNA - Tuna da Universidade Católica Portuguesa – Porto

2ª MELHOR TUNA - Desertuna

MELHOR TUNA - Tunadão 1998

A noite continuou com a Mega Festa TAISEP numa das discotecas do Porto com muito espírito académico entre tunas e “alguns” finos à mistura.


A Desertuna agradece aos irmãos da TAISEP o convite e o modo como foi recebida, às guias que tão bem trataram de nós, à guia da Sandman que não deixou cair em tentação e à fabulosa claque que nos foi apoiar ao Coliseu.

Saudações Tunantes