quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Os Bitaites da Milou

Seguindo a linha de pensamento do bitaite passado venho cimentar a minha opinião de que o Pai Natal está decididamente “arrumado”.

Acabei de ver o filme 2012 e não vi meterem dentro do barco nenhuma das renas do Pai Natal mas a irmã da Popota aparece num plano, ou seja, a Popota será quem poderá continuar com o esquema que as crianças têem para extorquir presentes aos adultos.

Outra das razões e se calhar a mais óbvia é que a Lapónia será arrasada nessa altura! Na mera hipótese das renas conseguirem suportar o clima africano pode ser tudo transferido para o Cabo da Boa Esperança que é o único sítio que parece salvar-se no meio de tanta desgraça.

Bitaite da semana
“Não coloques as tuas prendas próximo da lareira! Podem ser preservativos e estragarem-se”.

Bom Natal a todos os elementos, amigos e afins da Desertuna

sábado, 19 de dezembro de 2009

Boas Festas

A DESERTUNA – Tuna Académica da Universidade da Beira Interior deseja a todos um Feliz Natal e Bom Ano Novo, com muita Música, Alegria e Felicidades.

São os votos de todos os elementos da Desertuna.

Beijinhos e Abraços

A Direcção

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Jantar de Natal da UBI


Dia 10 de Dezembro foi dia de comemorações natalícias na UBI.

Ao anoitecer, todos os docentes, funcionários, suas famílias e grupos culturais académicos da UBI juntaram-se no bar do Pólo principal para um jantar de Natal.

Depois de alguns momentos de boa disposição, convívio e com a barriga mais pesadinha dirigiram-se todos ao Anfiteatro das Sessões Solenes, no pólo principal, para assistir a espectáculos de várias vertentes artísticas que se desenvolvem na Universidade.

Após algumas participações foi a vez da Desertuna subir a palco e mostrar o trabalho que tem vindo a fazer, dignificando assim a nossa Universidade.

Apresentamos a “Odisseia”, (“Praia Lusitana”, “A Nau e o Sonho”, “Adamastor” e “Chegada a Índia”), que é uma homenagem nossa aos descobrimentos portugueses e o “Hino à Desertuna”.

Para sair de palco e manter a tradição cantamos a “Alface Fresquinha”

Saudações Académicas

Os Bitaites da Milou


Natal Português! O natal no nosso país, desde a alguns anos, tem vindo a ganhar um cunho próprio, senão veja-se:

Muito antes da Coca-Cola inventar o Pai Natal era o menino Jesus quem nos trazia as prendas. Hoje em dia nem pai natal, nem menino Jesus, a Leopoldina e a Popota substituíram-no e parece que vieram para ficar.

Já nem o Noddy as consegue travar, (mesmo com carro para levar as prendas). Será uma questão de nacionalismo? É que até a música agora é Buraka.

O esforço do governo para se consumir o que é português começa a fazer algum efeito.

Na minha modesta opinião tudo isto começou quando o Pai Natal enviou a rena Rudolfo para os alcoólicos anónimos, (sinceramente, já foi tarde, aquele nariz vermelho nunca enganou ninguém...). Desta forma perdeu credibilidade junto dos países que não conseguiam exportar vinho para a Lapónia.

Frase da Semana

“Se algum dia alguém te disser que o teu trabalho não é o de um profissional, lembra-te: amadores construíram a Arca de Noé e profissionais, o Titanic."

P.S. Petrucci, conselho de uma velha amiga! he he

IV Encontro de tunas souto da casa


Dia 5 de Dezembro a Desertuna deslocou-se até à aldeia de Souto da Casa, no Fundão, para actuar no IV Encontro de Tunas de Souto da Casa.

Sendo este o quarto ano consecutivo que somos convidados, este encontro já é uma tradição que a Desertuna cumpre com rigor religioso.

Este ano a festa começou depois do almoço e, até à hora de jantar, percorremos diversos cafés de Souto da Casa incluindo uma casa particular tocando e cantando músicas populares, temas próprios; cantando ao desafio e a “Sopeira” orientados pelo Quelhas.

O jantar teve a felicidade de ser bem regado e os brindes não foram raros. No jantar estiveram presentes as Meninas e Senhoras da Beira – Tuna Feminina da Academia de Viseu, a TAFIPCB - Tuna Académica Feminina do Instituto Politécnico de Castelo Branco, a Desertuna e os presidentes de diversas entidades locais.

Todos animados e espirituosos, dirigimo-nos até à Casa do Povo para a esperada actuação. Escusado será dizer que a sala estava apinhada de gente do início ao fim de todo o espetáculo e as tunas que lá tocaram não se esquecerão do calor humano que lá estava.

Depois da actuação das Meninas e Senhoras da Beira e da TAFIPCB subimos ao palco para tocar o habitual reportório, "Hino à Desertuna", "Rapariga", "Toninho", "Covilhã", “Odisseia”. Pelo meio houve umas palavrinhas da parte da organização e das entidades locais e, a festa prosseguiu com "Águas do Dão", "Medley popular", "Tributo aos Xutos e Pontapés", para terminar a presença em palco, a "Alface Fresquinha".

Agradecemos o convite de Souto da Casa, o modo como fomos recebidos e todos os litros de jeropiga que nos foram oferecidos por diversas pessoas.
Um agradecimento especial ao Quelhas que teve o valoroso trabalho de organizar este encontro e nos soube receber tão bem.

Saudações Académicas

Espírito Natalício no Lar de S. José

Como vem sendo tradição, no primeiro dia de Dezembro a Desertuna reúne os seus elementos e dirige-se ao lar de S. José para espalhar o espírito natalício por aquela mui bondosa gente.

A actuação começou com o “Hino à Desertuna” seguindo-se de a “Rapariga”, e continuamos a passar alegria com as músicas “Toninho”, “Covilhã” e “Medley Popular” que foi acompanhada por muitos dos presentes.
Tocou-se ainda a nossa serenata dedicando-a a todas as “donzelas” presentes e para terminar o nosso tributo aos “Xutos & Pontapés”.

Mas a festa não terminou por aqui! Cantando e tocando outras músicas de índole popular visitamos as salas e quartos onde estavam os utentes que com menos possibilidades de movimento repousavam e foi com uma felicidade enorme que nos receberam.

Pouco antes de um delicioso lanche que nos foi servido cantámos os parabéns à D. Felizarda que comemorava o seu Centésimo aniversário.

A Desertuna agradece toda a hospitalidade com que foi recebida e o carinho de todos os utentes.

A todos um bem haja, um feliz Natal e muita saúde.

Saudações Académicas

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Os bitaites da Milou

Passando em revista os últimos meses da humanidade deparei-me com uma crise que certamente não afectará nem os meus amigos nem a mim. Falo da famosa Gripe A. A mim não me afecta porque como é de conhecimento geral eu estou vacinada, quanto aos meus colegas e afins estão a salvo porque as soluções alcoólicas protegem contra a gripe e o que não lhes falta nas mãos e no organismo é desse anti-viral milagroso.
Julgo que com está observação liberto a comunidade estudantil de algum medo porém lembro que a cirrose também tem as suas desvantagens.

Pensamento da semana:

"Para quê repetir os erros antigos quando há tantos novos por cometer? "

P.S. Não estou a falar de misturar vodka com cevada!

Saudações

"Natal no Hospital" - Festa de Natal do Centro Hospitalar da Cova da Beira


"Natal no Hospital" - Festa de Natal do Centro Hospitalar da Cova da Beira

A Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior, co-organiza, na terça-feira, dia 8 de Dezembro, mais uma edição da festa “Natal no Hospital”, a decorrer no Hospital Pêro da Covilhã.




Ficam todos convidados a assistir e a fazer parte desta iniciativa de solidariedade, dedicada a quem mais precisa.

Para assistir pela Internet, podem seguir os seguintes links:

http://www.chcbeira.min-saude.pt/ (Clicar no cartaz)

http://www.chcbeira.min-saude.pt/Downloads_HSA/CHCB/festanatal.htm