segunda-feira, 31 de maio de 2010

Um Grande Fim de Semana na Figueira!

No passado fim-de-semana, a Desertuna – T.A.U.B.I, teve o prazer de rumar à Figueira da Foz, para participar em mais um festival de tunas, o FITAFF – Festival Internacional de Tunas Académicas da Figueira da Foz, organizado pela Imperial Neptuna Académica.

No fim de almoço, a Desertuna começou a viagem com destino à Figueira da Foz. Após lá ter chegado e os membros deixarem os seus pertences na residencial onde ficaram hospedados, partiram todos para a freguesia de Costa de Lavos, na Figueira da Foz, onde houve um rico jantar típico, e no fim, uma pequena actuação da Desertuna e de um grupo de dança local, no lugar onde se havia jantado.

Após a pequena actuação, partiu-se para a Esplanada Silva Guimarães, onde teve lugar a Monumental Serenata. No final houve uma festa no bar Jet7, na mesma esplanada, até umas boas horas da madrugada.

No sábado, dia 22 de Maio, o dia “começou” com um almoço no Centro de Formação da GNR. Findado o almoço, todas as tunas se dirigiram à Câmara Municipal da Figueira da Foz, onde receberam uma mensagem e uma pequena lembrança de um representante da Câmara Municipal, ao que as tunas agradeceram, cantando em conjunto duas músicas conhecidas deste meio: “Madalena” e “ Águas Do Dão”.





Depois da reunião, deu-se uma passeio pelas ruas da cidade, onde se cantou com alegria e boa disposição, animando desta forma, as pessoas que andavam pelas ruas, e , ainda houve tempo para umas serenatas á janela!

Por volta das 17:30h, as tunas dirigiram-se para o jardim na parte de trás do Centro de Artes e Espectáculo da Figueira da Foz, onde houve uma demonstração de samba, realizada pela Escola Unidos Do Mato Grosso da Figueira Da Foz. Terminada a maravilhosa demonstração de samba, era altura de voltar novamente para o Centro de Formação da GNR para jantar.

No final de jantar, todas as tunas se dirigiram para o Centro de Artes e Espectáculo da Figueira da Foz, onde se deu inicio ao espectáculo central do festival.
Com o fim das actuações, houve uma actuação da tuna organizadora, a Imperial Neptuna Académica, e deu-se lugar à entrega dos prémios :


Melhor Serenata: Desertuna – Tuna Académica Da Universidade Da Beira Interior
Melhor Estandarte: Desertuna – Tuna Académica Da Universidade Da Beira Interior
Melhor Pandeireta: Desertuna – Tuna Académica Da Universidade Da Beira Interior
Melhor Solista: Tuna Académica do IPAM
Melhor Instrumental: Desertuna – Tuna Académica Da Universidade Da Beira Interior
Prémio Luís Daniel Nabais (Tuna mais Tuna): Tunadão 1998 – Tuna Masculina do Instituto Politécnico de Viseu
Melhor Tuna: Tunadão 1998 – Tuna Masculina do Instituto Politécnico de Viseu

No fim da entrega dos prémios, houve festa académica no bar Jet7, e mais tarde, na discoteca Bergantim, havendo ainda destaque para alguns membros que foram para a praia de manhã, mandar uns mergulhos (Ah, valentes !) .


No domingo, houve um piquenique num parque da cidade, onde pudemos almoçar, e no fim, rumar de novo á nossa Cidade Neve.

Deu-se assim encerrado o último festival do ano em que a Desertuna participou.
Foi com grande agrado que nos despedimos dos “grandes” palcos por este ano.


Um grande abraço à Imperial Neptuna , a qual agradecemos pelo convite, a todos os figueirenses, que demonstraram gostar muito de tunas na sua cidade, e um beijinho especial para as guias que foram impecáveis connosco!


Saudações Académicas

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Amanhã, na Covilhã....

...mais propriamente no Jardim do Lago, haverá a actuação da banda The Gift, pelas 22:00h.
Vem mostrar que a cidade da Covilhã está bem viva e animada com a recepção dos nossos craques e abater uns finos com o pessoal da Desertuna que para esse efeito estará lá bem mais cedo :)

Saudações Académicas

Não deixem de visitar.... :-)

Não deixem de visitar o Blog do nosso grande amigo e Desertuno Honorário, porque está demais...

http://pedrosneves.blogspot.com/

Deixo aqui só um cheirinho:



P.S. Pedro, estás como o vinho do Porto, cada vez melhor mas também mais velho... :P

terça-feira, 18 de maio de 2010

Menos de uma semana para o FITAFF!

A Imperial Neptuna Académica Já fechou O cartaz do XIII FITAFF!!!!

XIII FITAFF - FESTIVAL INTERNACIONAL DE TUNAS ACADÉMICAS DA FIGUEIRA DA FOZ

As tunas confirmadas que irão participar na edição de 2010 do FITAFF são:

- TAUE - Tuna Académica da Universidade de Évora
- DESERTUNA - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- Tuna Académica do IPAM
- TUNADÃO 1998 - Tuna do Instituto Superior Politécnico de Viseu

A qualidade e o bom espírito académico estão mais que garantidos para os dias 21 e 22 de Maio.


Dia 21 de Maio – Sexta-feira

17h – Recepção às Tunas na Esplanada Silva Guimarães

20h – Jantar e Actuação nas Freguesias de S. Julião (Filarmónica Figueirense), Buarcos (União de Buarcos) e Vila Verde.

00h – Monumental Serenata na Esplanada Silva ...Guimarães

02h – Festa oficial do XIII FITAFF no bar “Jet 7”

Dia 22 de Maio – Sábado

12h – Almoço no Centro de Formação da GNR.

15h – Convívio das tunas pelo centro da cidade e Bairro Novo.

17h – Festa de apresentação da colecção de Verão da marca Rêverie, patrocinador oficial do FITAFF, nos Jardins do Centro de Artes e Espectáculos

Saudações tunantes

domingo, 16 de maio de 2010

Parabéns aos novos Tunos!

Em nome da grande Família Desertuna, gostaria de Felicitar os novos irmãos que ganhamos recentemente. Desde quinta-feira, 13 de Maio, que a Covilhã acolhe mais quatro Xeques. São eles:

João "Blicas" Ferreira



Edgar "Peguis Hilton" Mendes




Daniel "Milhf" Sousa




João "Pirolho" Godinho

A não perder... Já esta semana...


A Covilhã, mais propriamente o bem conhecido espaço atrás da Câmara, volta-se a encher de Tunos e Tunantes, na próxima quinta-feira 20 de Maio...
I Cidade Neve, Encontro de Tunas organizado pela EncantaTuna. Aparece!

quarta-feira, 12 de maio de 2010

A Desertuna convida...


... os seus afilhados da TUSALD - Real Tuna Académica da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias de Castelo Branco, os amigos da Tuna Castra Leuca também de Castelo Branco e a Egitúnica - Tuna Académica Feminina do Instituto Politécnico da Guarda para virem passar a noite do feriado de 13 de Maio cá na Covilhã. Mais propriamente nas "Izcadas atraz da Cãmira" que é como quem diz o nosso sempre acolhedor Buffalu's Bar!!













Vai haver muita música, confraternização, folia e com certeza mãos direitas... :)
Haverá actuações das várias tunas incluindo a tuna da casa: Desertuna!














A não perder Quinta-feira, a 13 de Maio por volta das 22h!

Saudações Académicas

Animação de tarde no Covilhã Shopping


Mais uma tarde a bombar... ... e a Desertuna a cantar!!!!
Foi no passado dia 9 de Maio de 2010 que por volta das 15h a Desertuna se deslocou até
ao Covilhã Shopping, para mais uma tarde animar.
Quando lá chegaram a realidade superou todas as expectativas, tendo em conta que encontraram um Shopping completamente cheio, pronto a acolhê-los.
A Desertuna começou por dar uma primeira mini-actuação na Zona da Restauração, onde houve muita alegria, conseguindo que as pessoas tirassem os olhos das televisões, para tomarem atenção e baterem palmas a esta Tuna.
Acabando esta pequena actuação foi feito um "Passa-Calles" dentro do Shopping que
terminou no andar de baixo, onde se deu início a segunda actuação.
Foi de muito bom grado ver que mal a Desertuna começou actuar, o Hall de Entrada do Shopping começou a encher-se e deu-se mais um bom momento de animação e convívio.
Esta tarde não podia acabar sem algumas serenatas, e assim a Desertuna o fez, encantando algumas belas donzelas que por lá passavam.
É bom ver que o público da Covilhã voltou a estar ao lado da Desertuna, portanto não percam as próximas actuações...
... Que a Desertuna também está ao vosso lado.

Benção das Pastas da UBI 2010

Decorreu, no passado dia 8 de Maio, a Benção das Pastas dos alunos finalistas da Universidade da Beira Interior. A missa teve lugar no Monumento de Nossa Senhora da Conceição, em Sto. António. Como é habitual, o jardim encheu-se de familiares e amigos dos finalistas, para assistir a este momento cheio de emoção.

A Desertuna esteve presente, brindando os finalistas com o tema “Recordações”, que fala, precisamente, das vivências e das saudades de muitos estudantes, no momento em que se preparam para terminar o curso.



E, ao cair da chuva, as lágrimas, mas também os sorrisos, tomaram conta dos estudantes ao escutar a interpretação da Desertuna.
Como nota final, um grande abraço de parabéns aos elementos da tuna que benzeram as pastas este ano. Foram eles, Nuno “Xôxo” Bajouco, André “Bi” Conceição, Luis “505” Dias e José “Topogigio” Lourenço. Chora! Chora! … =P

Saudações Académicas!

E foi assim o grande FITAs

Saídos da Covilhã na 6ª feira, 30 de Abril, a Desertuna partiu para Castelo Branco convidada a participar no XI FITAS, organizado pela Castra Leuca. Como tunas a concurso estiveram a TMUC (Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra) a Imperial Neptuna (Tuna Académica da Figueira da Foz) a Tuna Universitária de Plasencia (Espanha) e a Carpetuna (Real Tuna Masculina da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova).

Como tunas convidadas estiveram as Moçoilas (Tuna Académica Feminina da Universidade da Beira Interior), a TAFIPCB – Tuna Académica Feminina do Instituto Politécnico de Castelo Branco e ainda a AdufóTuna (Tuna Feminina da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova) cujas participações se deram na Serenata Monumental.

No dia 30 de Abril, após o check-in, acolheu-nos o bar Altius, no centro da cidade que tinha como slogan “Aqui cada um mata-se como quer” ; um bar bem frequentado pelas tunas locais e convidadas.

No refeitório do IPCB, depois do bar, jantámos, cantámos, bebemos e animámos os presentes. Entretanto, com a chegada das outras tunas, o ambiente ficou ainda melhor, regado com bastante cerveja e muito espírito académico.

À noite, após o jantar, arrumámos os instrumentos e partimos para a Monumental Serenata que decorreu nas escadarias em frente à Câmara Municipal de Castelo Branco que, apesar do frio, ainda albergaram bastante audiência (sobretudo feminina!).

O convívio ficou-se pelos arredores da Câmara, após as serenatas. Houve ainda quem fosse para a discoteca Kimika, abanar o capacete.

No dia seguinte, depois de uma noite agitada, partimos para o centro da cidade onde decorreu o Passa-Calles. O percurso pelas ruas e vielas da cidade foi animado e bem molhado, com as nossas pancadas de paragem a cada pausa que o acordeão fazia, conquistámos os Albicastrenses e até parámos o trânsito! Enfim... uma tarde bem passada!

Com o Passa-Calles já feito, o resto da tarde deu-se entre cafés e tascos, serenatas e donzelas...

Ao cair da tarde partimos para o refeitório, mais do mesmo – o melhor de nós no jantar conjunto das tunas. Mas desta vez não podíamos demorar muito pois tínhamos um horário para cumprir e não nos podíamos atrasar. Entre cantares e acordes cumprimos com a nossa parte e partimos para o Cine-Teatro Avenida.

Com a abertura do festival feita pela Tuna anfitriã o FITAS 2010 começou com uma música alusiva ao festival.

Seguiu-se a actuação da Tuna Universitária de Plasencia. Com poucos elementos, é verdade mas nada lhes escapou! Nem ao famoso Perro, um elemento bem castiço desta tuna que bastante animou o público mesmo após a sua actuação: o bom humor espanhol!

De seguida apresentou-se a Imperial Neptuna, com uma melodia característica e uma letra típica do litoral: “Estou além”, uma música que cativou o público e lembrou a enorme praia da Figueira. Muito bom.

Para não perder o ritmo temos a Carpetuna. O desacatado e animado apresentador entreteu o público, mas esta actuação distinguiu-se quando tocaram a “Rapsódia”, esta que foi dedicada a um amado tuno falecido, muito nobre atitude... O “Fadinho Mal Cheiroso” deu término à actuação, com muitos aplausos e bis por parte do público.

O intervalo... hora de aperto para nós pois após este, era a nossa actução. Aquecer vozes, afinar e desafinar, esperar e apressar, conseguimos fazer uma preparação rápida e eficaz para a nossa actuação. Com tudo preparado subimos para o palco. Com o repertório do costume, exaltámos o público e recebemos aplausos de pé! Sinal do nosso trabalho e empenho dedicado a esta família.

Para finalizar, a TMUC, o fado de Coimbra e “Coimbra dos Amores” derreteu o público e mostrou o real espírito académico de Coimbra, cantado pela doce voz do solista. Sem palavras...

Com o concurso finalizado, só faltou esperar pela decisão do júri e, entretanto, as tunas foram todas para a porta do teatro festejar e animar as ruas da cidade! Não há como explicar tal momento de euforia!

De volta ao palco, ocupado pela carismática mascote do festival e pela simpática apresentadora os prémios foram atribuídos da seguinte forma:


- Melhor Tuna - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- 2ª Melhor Tuna - Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra
- Tuna + Tuna - Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra
- Melhor Solista - Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra
- Melhor Instrumental - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- Melhor Pandeireta - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- Melhor Porta-Estandarte - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- Melhor Passacalles - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- Melhor Serenata - Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra
- Melhor Arranjo Vocal - Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra
- Melhor Original - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior.

Como é óbvio, o representante de cada tuna subiu a palco, e quando foi dado o prémio final de melhor tuna... descalabro total! Era para irmos fazer um moche à mascote, mas... pernas para que te quero! Ainda assim não deixámos de fazer um mega-moche Desertuna!

Na saída do teatro-cine, a fazer barulho até não poder mais partimos em direcção à Repúblika onde a festa seguiu até de manhã.

No dia seguinte, ao raiar do sol, após o pequeno-almoço e tralha arrumada fomos para o almoço de porco no espeto que se deu no refeitório. Desta vez com um ambiente mais calmo e silencioso, na ressaca do fim de semana.

E assim, demos por encerrado este festival com o bucho cheio e voltámos para a Covilhã com a moral em cima!

Um grande bem-haja aos Albicastrenses e à Castra Leuca por nos acolherem com carinho e esperamos por vocês cá, novamente, na Covilhã!


Animação de Jantar do Deca - Hotel Turismo

No dia 23 de Abril a Desertuna deslocou-se ao Hotel Turismo da Covilhã para mais uma animação de jantar. Desta vez era um jantar de professores pertencentes ao departamento de Engenharia Civil e Arquitectura.

Foi por volta das 22h que a Desertuna se apresentou na sala de jantar para então começar o espectáculo. O facto de o público presente não dominar a língua de Camões, não impediu que a música e a alegria da Desertuna invadisse o espaço da cerimónia, pois todos os elementos do jantar estavam sorridentes a apreciar aquele momento musical e as belas melodias proporcionadas.

A Desertuna agradece o convite.



Saudações Académicas.

Desbunda de Civil

No passado dia 22 de Abril, a Desertuna esteve presente na mega festa organizada pelo curso de Engenharia Civil denominada Desbunda de Civil, que teve no lugar no Pavilhão Oriental de S. Martinho, na Covilhã. A noite esteve repleta de gente, sempre ao som de boa música, onde a cerveja e animação não faltaram, e aos poucos, o recinto ia-se enchendo. Aquando da hora da actuação o público parou para apoiar e ouvir mais uma actuação desta mui nobre Tuna. Foram interpretadas temas conhecidos como “Hino à Desertuna”, seguido de “Rapariga”, logo depois “Toninho”, “Covilhã”, “Águas do Dão”, “Tributo ao Xutos e Pontapés”, “Medley Popular” e “Caloirinha dos meus Sonhos”. Após a actuação da Desertuna teve lugar mais uma actuação do magnífico Tiago Silva, que se estendeu pela noite dentro, gerando muito bom convívio...

A Desertuna agradece o convite feito, a magnífica festa proporcionada, e o apoio constante do público pelo qual somos incansavelmente acarinhados.

Saudações Académicas!

sexta-feira, 7 de maio de 2010

A Desertuna felicita todos os Finalistas 2010!

Queríamos desde já dar os Parabens e desejar as maiores Felicidades aos Ubianos que agora finalizam esta etapa das suas vidas, para começar outra quem sabe mais acomodada mas também mais remunerada :) Boa Sorte para todos!





P.S. Amanhã há missa logo pela manhãzinha, se quiserem comprar Guronsan dispõem de duas farmácias com atendimento permanente durante a noite de hoje: Farmácia Parente e Farmácia Mendes...

Reportagem do FITAs!

Decorreu este fim de semana mais um FITAs, desta vez a 11ª Edição, com a presença das seguintes Tunas:

- Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra
- Carpetuna - Real Tuna Masculina da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova
- Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- Tuna Universitária de Plasencia (Espanha)
- Imperial Neptuna Académica da Figueira da Foz


Os Tunos começaram a chegar a Castelo Branco na Sexta Feira para a Noite de Serenatas que decorreu na Escadaria da Câmara Municipal de Castelo Branco. Perante uma boa assistência que resistiu apesar do frio, apresentaram-se as Tunas a concurso, assim como as Tunas Femininas Convidadas:

- TAFIPCB – Tuna Académica Feminina do Instituto Politécnico de Castelo Branco
- Moçoilas - Tuna Feminina da Universidade da Beira Interior
- Adufótuna - Tuna Feminina da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova

No Sábado à tarde decorreu o Passacalles no Centro Cívico da Cidade de Castelo Branco, onde as Tunas espalharam música e alegria pelos Albicastrenses.

À noite, num Cine Teatro Avenida bem composto, iniciou-se o FITAs 2010 com a actuação da Tuna da casa, Castra Leuca – Tuna Académica Masculina do Instituto Politécnico de Castelo Branco. Apresentaram uma música composta de propósito para abrir o Festival, tocando logo de seguida “Academia Albicastrense”

Iniciou o concurso a Tuna Universitária de Plasencia. Apresentaram “La viajerita”, “Cancion Hihuairyno”, “Amalia Rosa” e “Barrio Brujo”. Destacou-se nesta actuação a qualidade já habitual nas Tunas de Espanha assim como o seu bom humor.

De seguida apresentou-se a Imperial Neptuna Académica da Figueira da Foz com “Broncos by the mountain Gandarez”, “Estou além”, “Instrumental”, “Problema de Expressão” e o seu “Mix Figueirense”. Destacou-se a sua qualidade musical e sonoridade fora do habitual.

Em continuação apresentou-se a Carpetuna - Real Tuna Masculina da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova com “Caloiro”, “Arraial da Cerveja”, o instrumental “Para ti Pastilhas” dedicado a Carlos Pinto, um Carpetuno que já não está entre nós. Continuaram com “Rapsódia” e “Fadinho Mal Cheiroso”. Fica marcada esta actuação pela irreverência e humor do seu apresentador.

Depois do intervalo seguiu-se a Desertuna – Tuna Académica da Universidade da Beira Interior. Apresentaram “Toninho”, “Covilhã”, e a sua “Odisseia” com os seus 4 capítulos “I. Praia Lusitana, II. A Nau e o Sonho, III. Adamastor, IV. Chegada à India.” Destacaram-se os seus pandeiretas e estandartes assim como a excelência dos seus arranjos musicais.

Finalizou o concurso a Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra iniciando com um belo Fado de Coimbra, seguindo-se “Coimbra dos Amores”, “Canções do Mondego”, “Cantar de Estudante”, o instrumental “Às vezes”, “Voar” terminando com a sua “Balada”. Destacaram-se os excelentes arranjos musicais e vocais.

Enquanto o júri decidia os prémios, apresentou-se novamente a Castra Leuca com os temas “Medley Albicastrense”, o seu novo instrumental “Ce proibi le chien in the water” terminando com “Hino Castra Leuca”.

No final, os prémios foram atribuídos da seguinte forma:

- Melhor Tuna - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- 2ª Melhor Tuna - Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra
- Tuna + Tuna - Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra
- Melhor Solista - Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra
- Melhor Instrumental - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- Melhor Pandeireta - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- Melhor Porta-Estandarte - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- Melhor Pasacalles - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior
- Melhor Serenata - Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra
- Melhor Arranjo Vocal - Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra
- Melhor Original - Desertuna - Tuna Académica da Universidade da Beira Interior

A festa continuou pela noite dentro terminando no dia seguinte com o almoço de despedida.

Deixo os parabéns à Castra Leuca por mais um excelente Festival e que venha o FITAs 2011!!

In www.portugaltunas.com