sexta-feira, 27 de abril de 2012

Semana Académica 2012


Foi na passada 4ª feira, dia 18 de Abril, que a Desertuna subiu mais uma vez a palco, desta vez na noite de Tunas da Semana Académica da Covilhã, realizada no Pavilhão da Anil.

Ainda a recuperar da Festa da Cerveja, a Tuna actuou e, mais uma vez, deliciou o seu público, que soube mostrar-se animado, acompanhando todas as músicas tocadas e esforçando-se por recriar aquele ambiente característico das actuações da Desertuna na Anil. Fica um especial agradecimento a todas as pessoas que, apesar das dificuldades técnicas que a Desertuna (bem como todas as outras tunas presentes) enfrentou nessa noite, não arredaram pé, ajudando-nos a tornar a festa bem mais agradável!

De seguida, a festa continuou pela noite dentro, com muita folia! Logo após a actuação, a Desertuna retomou um lugar onde se sente ainda melhor que no palco...perto do bar e junto de quem nos segue e nos acarinha.
Aliás, a presença dos elementos da Desertuna foi uma constante, ao longo de toda a SA2012. Um feito complicado, diga-se de passagem, pois aguentar tanto dia de festa, logo após a canseira do FESTUBI, não é para todos =).

Obrigado à AAUBI pelo convite! Agora, esperamos pela Recepção ao Caloiro!

Saudações Académicas

quinta-feira, 26 de abril de 2012

- X FESTUBI -



Mais um ano, mais um FESTUBI.

Na semana depois da Páscoa, já se sentia o cheiro do X FESTUBI na Cidade Neve.

No dia 11, os Tunídeos, Tuna Masculina da Universidade dos Açores, já se encontravam pela Covilhã e a festa começava a ganhar vida. Começou a viver-se o verdadeiro espírito do festival.

Já na quinta-feira, dia 12, recuperando da noite anterior, a Desertuna e a AraujoTur, proporcionaram a esta tuna uma viagem a Serra da Estrela, onde muitos puderam pela primeira vez conhecer os encantos desta Serra e onde foram surpreendidos por alguma neve.

À noite, nos Leões da Floresta, mais umas longas horas de festa se passaram. Tunas, guias e todos os que entravam em “Festubi mode” preparavam-se já para os dias de festa que se seguiam.



Na sexta-feira, dia 13, a festa continuou e, à noite, teve lugar no Teatro Municipal a noite de serenatas.
A noite começou com a actuação do grupo de fados "Fado Livre" (constituído por elementos dos nosso irmãos da TAUL-F) e, logo de seguida, as tunas a concurso. Tunídeos, Tunadão 1998 – Tuna do Instituto Superior Politécnico de Viseu, Tuna TS - Tuna de Tecnologia da Saúde do Porto e TUM – Tuna Universitária do Minho e, também, a Desertuna, actuaram na sala principal do Teatro Municipal da Covilhã e presentearam o público com as suas serenatas.
Depois do espectáculo, os Leões da Floresta foram o local de paragem e de prova do já habitual bagaço com mel.


No sábado, dia 14, o dia começou bem cedo com testes de som. 
Durante a tarde, realizou-se o habitual passacalles, onde as tunas desfilaram e animaram a cidade, parando em alguns bares, para "matar a sede".
À noite, o grande espectáculo aproximava-se a largos passos e o Teatro Municipal começou a encher. Como já é habitual nas várias edições do FESTUBI, o humorista Pedro Neves veio até à Covilhã apresentar o festival e animar todos com o seu bom humor e até com alguns já característicos momentos musicais.





Depois da apresentação por parte do humorista, a Desertuna subiu a palco e estreou um novo medley, preparado exclusivamente para o X FESTUBI! Esta primeira surpresa, procurou relembrar (ou dar a conhecer...) repertório e emoções que caracterizaram os primórdios da Desertuna. Escusado será dizer que algumas lágrimas escorreram, pelos rostos de muitos Xás que vieram para actuar nessa noite.
Aliás, a participação musical da Desertuna, nessa noite, teve sempre como mote a recordação destes últimos (primeiros...) 10 anos de Tuna e de FESTUBI. Durante os intervalos das músicas, foram apresentados vídeos cheios de boas recordações e de vivências da Tuna. Antes de terminar a sua primeira prestação a Tuna apresentou os originais "Toninho" e "Boémio Trovador".

Terminada a actuação, seguiram-se as tunas a concurso pela seguinte ordem: Tunadão 1998, Tuna TS, Tunídeos e Tuna Universitária do Minho. O espectáculo revelou-se de grande qualidade, arrancando fortes aplausos ao público covilhanense e enchendo a sala do "novo" Teatro Municipal de luz, animação e alegria!


Tunas a concurso no X FESTUBI: TUM (em cima à esquerda), Tuna TS (em cima à direita), Tunadão 1998 (em baixo à esquerda) e Tunídeos (em baixo à direita).



Para encerrar as actuações, a Tuna da casa subiu novamente a palco e tocou alguns dos já conhecidos originais como "Covilhã", acompanhada de um vídeo com imagens da Desertuna e da nossa cidade, e  "Odisseia", à qual o público reagiu aplaudindo de pé, demonstrando o carinho que sente pela Desertuna.
Contudo, uma última surpresa foi preparada. A EPABI, relembrando a VI e a VII edições do FESTUBI, subiu a palco com a Desertuna e, juntos, tocaram a "Sinfonia de um beijo".


Como não poderia deixar de ser, antes de terminar as cerimónias, os prémios foram entregues. Os resultados do X FESTUBI, foram os seguintes:

Tuno mais Toninho: Boo Boo (Tunadão 1998)
Melhor Pandeireta: Tunadão 1998 
Melhor Porta-Estandarte: Tunídeos 
Melhor Serenata: Tuna Universitária do Minho
Melhor Solista: Tuna Universitária do Minho 
Melhor Instrumental: Tunídeos
Melhor Passa-Calles (Prémio Fundação Inatel): Tunídeos
Tuna mais Público: Tuna Universitária do Minho 
Tuna mais Tuna: Tunídeos e Tunadão 1998 
Melhor Tuna: Tunídeos


Resta agradecer a toda a gente que contribuiu para o X FESTUBI: aos apoios e patrocinadores, às guias, a todas as tunas convidadas, aos elementos do júri, ao Pedro Neves e ao maravilhoso público da Covilhã que, ano após ano, nos orgulha por encher a sala do Teatro Municipal!

E que venha o XI FESTUBI !

Saudações Tunantes

sábado, 14 de abril de 2012

Actuação no Serra Shopping...com cheirinho a Festubi!


Com o X FESTUBI à porta (recorde-se que é já neste fim-de-semana!) e com as preparações do mesmo à flor da pele, a Desertuna invadiu o Serra Shopping para brindar e promover mais uma vez o Festival que terá lugar no Teatro Municipal, este Sábado à noite.

A Desertuna esteve na zona de restauração, onde deu uma actuação que serviu de “cheirinho” para o que virá a acontecer no fim-de-semana … as expectativas abrem-se, a curiosidade cresce … que comece o espectáculo!

Até já! Não faltem!

Saudações académicas

sábado, 7 de abril de 2012

Falta uma semana!


Está quase a chegar o X FESTUBI! Mas a animação não começa só na sexta: a preparação para o que aí vem vai ser no CCD Leões da Floresta, na quinta-feira (12 de Abril). Apesar de não estar no programa do evento, vai ser uma grande festa - e tu não vais querer faltar.

Vem dar início ao FESTUBI connosco!

segunda-feira, 2 de abril de 2012

CARTAZ X FESTUBI - 13 e 14 de Abril 2012


Conforme prometido, aqui ficam o vídeo de apresentação e o cartaz oficial do X FESTUBI!

Nós estamos em pulgas...esperamos que vocês também. Vamos fazer deste FESTUBI a maior festa de sempre! Dias 13 e 14 de Abril, no sítio do costume =)

Bilhetes já à venda!


___________________________________________________


XXIV Desbunda de Civil



Depois de ter feito o aquecimento na noite anterior, no bar Tertúlia, tocando umas modinhas e bebendo uns canecos, a Desertuna - TAUBI animou mais uma noite na Covilhã, com a participação na XXIV Desbunda de Civil, organizada pelo Núcleo de Estudantes de Engenharia Civil - NECUBI, na passada Quinta-feira, dia 29 de Março.
O evento decorreu, à semelhança do ano anterior, no Silo das Engenharias, e levou muitas centenas (tantas que passou o milhar...) de estudantes a sair à rua e a encher aquele espaço.




O cartaz era apetecível e a abertura ficou a cargo da Desertuna. Com o recinto já bastante repleto de gente, a tuna rodou grande parte do seu repertório, aquecendo o público e culminando com toda a gente a cantar o Tributo aos Xutos e Pontapés e o NowMix + Caloirinha. Foi um excelente começo para uma noite que se adivinhava forte...
Os elementos da tuna não quiseram deixar, depois de descer do palco, de dar umas palavrinhas de apoio ao senhor (e às meninas...) que se preparavam para actuar. À Desertuna seguiu-se o sobejamente conhecido artista José Malhoa (e suas bailarinas!!). O Zé não deixou os seus créditos por mãos alheias e instalou um autêntico bailarico no Silo das Engenharias. A fechar o elenco, tocaram os Groove Addiction (com live act) e o Dj Speed, que fizeram dançar a multidão até altas horas.

Entre a cevada fermentada e as saborosas bifanas (que tão bem sabem depois de umas horinhas de folia e diversão), a Tuna encerrou a noite (já quase nascia o sol) com o espírito já habitual destes foliões que sendo “Trovadores e amantes por vocação, são estudantes nas horas vagas”.

Saudações Académicas!